top of page

Mariah Carey foi minha primeira professora de canto...mais ou menos. 

Foi na década de 90, quando eu era criança. Meu pai frequentemente ouvia e assistia os CDs e VHS/DVDs das apresentações de Mariah em casa e eu adorava ouvir com ele, era nosso hobby comum. ​

 

Havia uma febre de Walkmans naquela época. Se podia ouvir as músicas favoritas em detalhes com fones de ouvido e até mesmo voltar para outro trecho da música. (uau!) Lembro-me de ouvir os 3-4 segundos da mesma passagem em Whenever You Call pelo menos 30 vezes.

Queria aprender a cantar igual a Mariah, perfeito. E por algum tempo meus colegas de escola diziam que minha voz os lembrava da dela.

Beatriz Baptista - As VitrinesBeatriz Baptista
00:00 / 01:54
WhatsApp Bild 2023-11-01 um 23_edited_ed

Claro que ao longo da minha vida também conheci outras cantoras que também se tornaram referências vocais: Whitney Houston, Kelly Clarkson, Beyoncé, Aretha Franklin, Ella Fitzgerald, Céline Dion... também brasileiras como Elis Regina, Gal Costa, Nara Leão, Adriana Calcanhoto e Marisa Monte. ​

 

Todas elas e muitas mais foram minha inspiração. Quando as ouvia e “estudava”, aprendi a cantar tão bem que consegui uma vaga na universidade sem ter tido uma aula de canto antes. ​​

Essas são minhas divas e agradeço muito a elas. ​

Ao longo da minha vida cantei música pop e brasileira em diversos eventos, cerimônias e festas. Meu repertório é pop/soul e bossa nova/jazz.

Eu amo cada vez que posso cantá-los! ​​ Se você quiser me reservar para o seu evento, basta clicar no link abaixo.

Aguardo você!

bottom of page